• Captação 02 - ETA 1
  • Captação 02 ETA 1
  • Captação 01 - ETA 1

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Visita Técnica Nitro Química São PauloVisita Técnica Nitro Química São Paulo
O Diretor do SAMAE de Nova Trento Ivã Alessandro Franzoi, juntamente com o Engenheiro Sanitarista Valnei Beckhauser, os Diretores dos SAMAEs de Tijucas Jilson de Oliveira e de Orleans Fábio Bett, realizaram uma visita técnica numa empresa em São Paulo.
O objetivo da viagem foi conhecer melhor e verificar “in loco” o funcionamento da estação de tratamento de água UF (Ultra Filtração). O local foi n empresa Nitro Química, localizada no Bairro São Miguel Paulista, São Paulo capital.
A visita técnica foi discutida entre o Engenheiro Valnei e Engenheiro David Dini da empresa Fluid Brasil, que é representante do sistema de ultrafiltração e instalou a estação na empresa Nitro Química. O agendamento com a empresa foi realizado por David, marcado para as 14hs da quinta-feira dia 28/02.

Na madrugada do dia agendado, o Diretor Ivã Franzoi juntamente com seus colegas viajou para São Paulo. Na hora marcada, os quatro chegaram à empresa e foram recebido por David e Andrey Barão, representante da empresa Impulso Tecnologia em Saneamento.
Após colocarem os equipamentos de segurança, os seis foram acompanhados por um Engenheiro da empresa Nitro, que levou todos a conhecer o processo de filtração da água usada pela empresa na produção de seus materiais químicos. Um deles é a Nitro celulose, fabricado no Brasil somente na Nitro Química.
O primeiro local visitado foi o centro de monitoramento do processo de tratamento de água, na qual conheceram o sistema moderno automatizado, na qual tudo poderia ser controlado por um aplicativo no computador. Ligar, desligar, aumentar, diminuir, acelerar ou desacelerar o processo poderia ser realizado naquela sala por seus técnicos.
Após conhecer aquele local, todos foram conduzidos até parte da empresa aonde fazia o tratamento de água através da ultrafiltração, sistema moderno que utilizam módulos de fibra oca, com baixa incrustação e capilares com alto fluxo, sendo que Bactérias, sólidos e turbidez podem ser rejeitadas de forma eficaz, devido a uma camada de filtração dentro e fora da fibra oca.
Conheceram também outras partes da empresa, como filtros, processo de osmose. Infelizmente não fomos autorizados a filmar ou tirar fotos do local e dos aparelhos, mas todos tiveram ideia do funcionamento do processo de Ultrafiltração, que futuramente poderá ser usada em nossa cidade.
A vista técnica durou duas horas, e após troca de informações e dados, a delegação dos quatros catarinenses retornou a suas cidades.

Fonte: SAMAE/NT