Utilize o teclado para navegar, com Ctrl + nº da tecla

  Ctrl + 1 (menu)   Ctrl + 2 (conteúdo)   Ctrl+ 3 (busca)   Ctrl + 4 (mapa)   Ctrl + 0 (acessibilidade)
  Fonte Maior   Fonte Menor   Fonte Padrão
  Contraste
menu
Facebook
 
×
Notícias

Água com qualidade para os neotrentinos

Data de publicação: 19 de março de 2021


Levar uma água com qualidade as casas dos munícipes tem sido uma preocupação e prioridade no governo do prefeito Tiago Dalsasso. Logo no primeiro dia do mandato, em 04 de janeiro de 2021, o prefeito Tiago Dalsasso, de Nova Trento, foi realizado a primeira tomada de decisão os investimentos e ações emergenciais para o abastecimento de água. Após relatórios apresentados pelo diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (SAMAE), Godofredo Luiz Tonini, verificando a real situação da autarquia.

Além da falta de investimentos, foi averiguado que os três filtros da Estação de Tratamento de Água - ETA 1 (localidade de Vasca), perderam a capacidade de atender a demanda de consumo.

Isto ocorreu devido à falta de manutenção do material filtrante e por demais problemas em todo o conjunto operacional. Com isso o abastecimento de água também ficou comprometido devido a obstrução das captações de água por causa das fortes chuvas e da ineficácia do sistema. Os serviços de recuperação duraram aproximadamente um mês.

Os trabalhos de limpeza dos filtros da ETA-1 estão sendo realizados em etapas, pelos servidores da manutenção do SAMAE desde o dia 03 de fevereiro. Esse trabalho é demorado e precisa ser programado em intervalos e com tempo estável para não comprometer o abastecimento.O diretor do SAMAE afirma que o serviço de limpeza e manutenção contribuiu para a solução do problema de abastecimento de água no município. "não é sobre a falta de água, e sim, a falta de responsabilidade na administração da estação de tratamento de água. A última vez que foi realizado um serviço de limpeza do material filtrante foi em 2015" revela.

INVESTIMENTOS FUTUROS

O SAMAE já projeta a construção de uma nova captação de água na localidade de Ribeirão do Molha. Segundo Godói, a captação construída em 2020 está em um local que, a cada chuva forte fica assoreada, com acumulo de areia. Isso faz que a tubulação entupa e a água não chegue até a estação de tratamento. A nova captação será mais simples, em um afluente do ribeirão do molha, em meio a mata, onde não há areia, estradas ou construções próximas, garantindo desta forma a estabilidade no abastecimento.



topo